14/11/2017 08h07 - Atualizado em 14/11/2017 08h07

Diretor da Williams elogia despedida de Massa: "Fim perfeito"

Por: gazetaesportiva
 

Felipe Massa largou em nono e terminou na sétima colocação (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press) A última corrida de Felipe Massa em Interlagos teve um fim bem mais convincente que na temporada passada, quando o piloto brasileiro também anunciou o fim da carreira, mas voltou atrás logo em seguida. No último domingo, o sétimo lugar ficou dentro da expectativa e apagou a imagem ruim do último ano, quando teve de abandonar a prova. Paddy Lowe, diretor técnico da Williams, exaltou a corrida do brasileiro e deixou claro que foi um "final" da maneira como todos haviam pensado, diante da temporada e do carro que Massa tinha.

"Este final foi da forma como ele merece, perfeito. Todos nós lembramos do que aconteceu ano passado, em sua primeira despedida, com aquele final dramático e triste. Agora ele não poderia ter uma despedida melhor, porque teve uma grande performance em Interlagos", disse Lowe.

Apesar do sétimo lugar no Grande Prêmio do Brasil, Felipe Massa teve uma corrida muito consistente e alcançou um resultado considerado positivo diante das adversidades e do carro que tinha para pilotar. Depois de largar em nono, o brasileiro terminou apenas atrás da Ferrari, Mercedes e Reb Bull, escuderias mais competitivas da Fórmula 1. O desempenho foi exaltado pelo diretor da Williams. "É como estamos dizendo. Ele foi o melhor do resto, porque quem terminou na sua frente não se pode comparar", ressaltou Paddy Lowe.

Principalmente na reta final, Massa travou uma grande batalha com Fernando Alonso pela sétima colocação e Lowe destacou a maneira como o piloto brasileiro se segurou na prova. "Ele suportou uma pressão externa muito grande e ainda conseguiu segurar o Alonso, com um carro mais rápido no geral. Ele se manteve muito por conta de sua habilidade e experiência fantásticas", completou o diretor da Williams.