11/10/2017 09h01 - Atualizado em 11/10/2017 09h01

Paraguai decepciona, perde da lanterna e dá adeus a sonho

Por: terra
 
Foto: Reuters
Foto: Reuters

O Paraguai perdeu a chance de ir à Copa do Mundo de 2018. Na noite desta terça-feira, pela última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, o time alvirrubro recebeu a Venezuela precisando de pelo menos uma vitória, mas acabou sendo derrotado por 1 a 0. O gol foi anotado pelo volante Yangel Herrera, com assistência de Otero, meia do Atlético-MG.

Com o resultado, os paraguaios se mantiveram com 24 pontos e viram o Peru ficar com a quinta colocação da tabela, com 26, garantindo lugar na repescagem. Já os venezuelanos, que entraram em quadra sem chances de classificação, terminaram a disputa na lanterna, com modestos 12 pontos.

O JOGO

A primeira etapa no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, foi muito fraca em termos técnicos. Já eliminada, a Venezuela entrou com a nítida intensão de não levar gols e se saiu muito bem no objetivo de evitar os gols adversários. Já o Paraguai, apesar do apoio de sua torcida e do domínio da posse de bola, acabou tendo problemas para criar oportunidades agudas de gol.

Depois de certo período de inatividade, os donos da casa só conseguiram construir a primeira chance de perigo aos 25 minutos. O meia Cecílio Domínguez recebeu do lado esquerdo, chegou à linha de fundo e mandou para dentro da área. A bola resvalou no goleiro Faríñez, no centroavante Sanabria, mas conseguiu ser afastada pela defesa.

Antes do intervalo, os paraguaios voltaram a assustar, mas novamente falharam na definição do lance. Aos 37 minutos, o meia-atacante Óscar Romero cobrou falta para o meio da área e encontrou a cabeça de Domínguez, que acabou mandando por cima.

Na segunda etapa, o Paraguai não quis saber de demorar para encontrar o ataque e agitou sua torcida logo no primeiro minuto. O atacante corintiano Ángel Romero arrancou pelo lado direito e mandou cruzamento rasteiro para a pequena área. Domínguez recebeu sozinho, bateu de primeira, mas novamente encobriu a meta.

Os venezuelanos foram outros que mudaram completamente sua postura no segundo tempo. Aproveitando o espaço dados pelas ofensivas dos mandantes, conseguiram criar sua primeira oportunidade, aos 15 minutos. O meia Soteldo rolou para o companheiro de posição Murillo, que, dentro da área, botou Anthony Silva para trabalhar. Esbanjando reflexo, o goleiro espalmou para escanteio.

Acuado com a pressão até então inexistente da Viña, os paraguaios começaram a ver a classificação ficar mais distante. Também viram os oponentes chegar pelo menos duas vez com perigo, com o meia Otero, do Atlético-MG, obrigando nova defesa de Anthony Silva, e com Soteldo carimbando o travessão. Quase abriram o placar com Óscar Romero recebendo sobra de bola e chutando com muito perigo. No entanto, os Guaranis experimentaram o pior dos cenários.

Aos 38 minutos, Otero resolveu resolver as coisas sozinho novamente, fez uma linda jogada arrancando de seu campo de defesa, fez fila e só rolou para Yangel Herrera. Livre, o volante só chegou batendo para inaugurar o marcador e acabar com o sonho paraguaio.

Nos minutos finais, o Paraguai foi com toda sua garra para cima do campo de ataque, mas pararam mais uma vez na mão de Faríñez. Óscar Romero tentou de fora da área, a bola desviou no zagueiro Gómez, mas o goleiro estava ligado e fez a defesa. Na sobra, Gómez tentou de novo e, de novo, parou nas mãos do goleiro venezuelano que desviou para o travessão.

Antes do apito final, após quase empatar, Gómez protagonizou uma briga com Wilker Ángel. Ambos receberam cartão vermelho de maneira direta e foram expulsos.

FICHA TÉCNICA

PARAGUAI 0 X 1 VENEZUELA

Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai)

Data: 10 de outubro de 2017 (Terça-feira)

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Wilton Sampaio (Brasil)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (Brasil) e Bruno Boschilia (Brasil)

Cartões amarelos: Júnior Alonso, Rodrigo Rojas e óscar Cardozo (PAR); Yangel Herrera, Josef Martínez, Faríñez e Otero

Cartões vermelhos: Gustavo Gomes (PAR) Wilker Ángel (VEN)

Gols:

Venezuela: Herrera, aos 38 minutos do segundo tempo

PARAGUAI: Antony Silva, Jorge Moreira, Gustavo Gómez, Paulo da Silva (Miguel Samudio) e Junior Alonso; Rodrigo Rojas, Robert Piris e Cecilio DomÍnguez (Barreiro); Angel Romero, Sanabria (Oscar Cardozo ) e Oscar Romero

Técnico: Francisco Arce

VENEZUELA: Wuilker Faríñez, Ronald Hernández, Wilker Ángel, Jhon Chancellor e Rubert Quijada; Tomás Rincón, Yangel Herrera, Jhon Murillo, Sergio Córdova (Soteldo) e Josef Martínez (Otero); Salomón Rondón

Técnico: Rafael Dudamel