14/11/2017 08h06 - Atualizado em 14/11/2017 08h06

Provável doping de Anderson Silva gera revolta em lutadores no mundo todo

Por: globoesporte
 

Antes considerado por muitos o melhor lutador de MMA da história, Anderson Silva não goza mais do mesmo prestígio entre os fãs do esporte. Após duas derrotas seguidas para Chris Weidman e uma suspensão por doping após vitória - que teve seu resultado alterado para "luta sem resultado" - sobre Nick Diaz, o "Spider" acumulou derrotas para Michael Bisping e Daniel Cormier, até voltar a vencer contra Derek Brunson, em polêmica decisão dos juízes, no UFC 208. Mas o pior ainda estava por vir.

Enquanto se preparava para fazer a luta principal do UFC Xangai, contra Kelvin Gastelum, o ex-campeão peso-médio foi notificado pela Agência Antidopagem dos EUA (USADA, na sigla em inglês), por uma possível violação às substâncias permitidas pelo Ultimate, fora do período de competição. Por isso, Anderson foi suspenso preventivamente, enquanto a entidade investiga o caso.

A notícia do possível segundo doping do brasileiro caiu como uma bomba no mundo das lutas. Aos 42 anos, uma suspensão, bem provável caso o erro seja comprovado, pode significar o fim de sua carreira. A repercussão nas redes sociais foi enorme, principalmente no Twitter. Entre os atletas, muitas críticas, lamentações e até insultos foram proferidos contra o brasileiro.