24/07/2017 07h17 - Atualizado em 24/07/2017 07h17

VÍDEO: supostos integrantes do PCC executam dois e divulgam imagens chocantes

Por: Midiamax
 

Um vídeo com imagens chocantes de corpos carbonizados foi divulgados em redes sociais por supostos integrantes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Nas imagens, são vistos dois homens sendo ameaçados por encapuzados portando metralhadoras.

No vídeo, um dos encapuzados fala português sem sotaque e se identificam como membros do PCC. O outro, fala em Guarani. Eles fazem ameaças às facções rivais: Comando Vermelho e FDN (Família do Norte) e PGC (Primeiro Grupo Catarinense). "Se vier para fronteira, o bicho vai pegar [...] Aqui quem manda é o PCC, por**"

De acordo com o jornal paraguaio, Capitan Bado.com, o crime ocorreu na noite da última quinta-feira (20). Após a execução, os corpos foram incendiados em uma área de mata. A polícia paraguaia conseguiu encontrar os corpos.

Em outro vídeo, um suposto integrante do PCC mostra os corpos carbonizados e ainda pisa nos ossos e faz piada, dizendo que um deles, 'não terminou de queimar direito'. Enquanto faz as imagens, o homem diz que se outros 'PGC' entrarem no Paraguai, 'vão virar churrasco'.

O PCC é facção criminosa com mais presença no Brasil. Os integrantes dominam presídios e são responsáveis por diversos crimes. Na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, disputa o domínio do tráfico de drogas com a facção Comando Vermelho – liderada por Fernandinho Beira Mar - , que ressurgiu com força nos últimos anos aliada a facções menores e com presença em estados do norte e nordeste, como a FDN.